A VERDADE CHOCANTE SOBRE MARKETING DE EMBOSCADA

Tudo Sobre Marketing de Emboscada

Todos os grandes eventos desportivos de Jogos Olímpicos, Copa do Mundo de Futebol e os principais campeonatos de tênis são fortemente patrocinado por várias empresas gigantes que ficam visível nas campanhas de mídia de massa. Estes patrocinadores desembolsam enormes quantidades de dinheiro que muitos dos pequenos concorrentes nem sonham com isso.

Se uma empresa não tem os grandes orçamentos para patrocinar um grande evento esportivo, pode experimentar o Marketing de Emboscada. Significa que ela vai tentar surfar na onda criada pelo evento e investir uma fração do montante do patrocinador real que colocou no evento.

Esta estratégia de ganhar publicidade sem investir tanto como patrocinadores oficiais já foi testemunhado em Jogos Olímpicos e todos os grandes eventos. O termo "Marketing de Emboscada" foi cunhado por Jerry Welsh e é muitas vezes considerado uma forma ilegal ou antiético do marketing embora muitos corporativos ainda entram nele.

Marketing de Emboscada ou "Marketing Oportunista", juntamente com a experiência e o marketing local serão as tendências de eventos não só esportivos durante muito tempo ainda.

Muitas empresas optam para o marketing oportunista que permite que as marcas vá até os limites do que é possível através da criatividade associando-se com um grande evento ou experiência sem fazer menção direta do mesmo.

Marketing de emboscada, por vezes, às vezes assume a forma grosseira de usar logotipos ou designs associados ao evento ou até criar nas pessoas uma forma de confundir ou enganá-las pela associação com um evento, mas sem pagar qualquer dinheiro no patrocínio. 


Cases Reais de Marketing de Emboscada

Cervejaria holandesa Bavaria na Copa do Mundo de Futebol na Africa.


Todos os escritos sobre marketing de emboscada se referem inevitavelmente a infame campanha Bavaria na Copa do Mundo, realizada em Joanesburgo. A cervejaria holandesa Bavaria contratou 36 mulheres "beldades loiras" vestidas em vestidos de laranja no local futebol como uma campanha promocional embora não tivesse pago um centavo por isso. As bonitonas associadas à campanha foram presas pela polícia sul-Africano.

A campanha Bavaria ocorreu quando os patrocinadores oficiais da cerveja eram a Budweiser que pagaram aos organizadores para obter o título de Cerveja Oficial. A Bavaria tem história anteriores de atividade ilegais na Copa do Mundo de 2006 na Alemanha, a Fifa já teve que remover dezenas de homens holandeses vestidos de traje tipico alemão "roupa típica de calça de couro" mas todos na cor laranja e com o nome Bavaria. Estranhamente, a polícia sul-Africano tinha tomado medidas contra as pessoas envolvidas, mas não contra a própria empresa, de acordo com alguns observadores.


5 Exemplos de Marketing de Emboscada


 1 - Nike Marketing Emboscada em 1996, nos Jogos Olímpicos, Reebok foram os patrocinadores oficiais, mas Nike faz uma campanha com sapatos de ouro no Michael Johnson que brilhavam mais do que campanhas da Reebok.

 2 - Samsung lançou o seu Galaxy S II em 2011, sua campanha de emboscada contra a líder de mercado da Apple, no lançamento do iPhone 4S em Sydney. A Samsung criou uma loja pop-up a alguns metros de distância e atraiu grandes multidões, oferecendo todo dia 10 aparelhos Galaxy S II por US$ 2 em vez do valor normal, Reuniu Multidões.

3 - Uma vez a Stella Artois, fabricante de cerveja, fez uma campanha de 15 anúncios ao longo da estação de Long Island Rail Road perto de Billie Jean King National Tennis Center, sendo que os patrocinadores oficiais de cerveja foram a Heineken. Criou-se a impressão de que Stella Artois estava patrocinando o evento.

4 - Depois, há a famosa luta BMW e a Audi nas ruas de Santa Monica na Califórnia. A Campanha A4 da Audi correu como vários outdoors nas ruas provocando a BMW com a sua campanha, a BMW para o qual BMW mostrou uma foto de seu M3 com as palavras Checkmate, ae foram uma sequencia de outros outdoors uma respondendo em cima do outdoors anterior.

5 - Em Jogos Olímpicos de 1984, Fuji foram os patrocinadores oficiais do evento. Mas rival Kodak fez chover campanhas publicitárias televisiva agressiva que criou a percepção de que eles eram os patrocinadores oficiais.


Estratégias de Marketing de Emboscada


Em termos gerais, existem dois tipos de emboscada em marketing. Um deles é emboscada direta, enquanto o outro é indireta. O primeiro é ilegal e pode convidar pena e prisão em alguns países. Mas emboscada indireta é uma forma sutil de marca em um evento sem referência a ele.


Marketing de Emboscada Direta


Algumas das táticas emboscada diretas são:

Emboscando predatória, emboscadas com famosos, emboscadas propriedade e auto emboscada.

Na emboscada predatórios ou emboscada por associação, uma empresa ataca intencionalmente seu rival que tenha pago para um patrocínio de um evento por habilmente posicionando pessoas ou campanhas publicitárias nas instalações ou nas estradas para confundir o público quanto a quem o patrocinador oficial é. 

Ex.: O mais citado é a campanha American Express (Amex) contra a Visa, em 1992, Jogos de Verão.

Exemplos de marketing de emboscada em emboscada Famosos - é uma estratégia de emboscada de marketing adotada pela empresa para invadir um evento, patrocinando um subconjunto de um esporte que já tem um patrocinador principal.  Marketing Emboscada é uma empresa esportes patrocinando um jogador de estrela de futebol de uma equipe, enquanto todo o evento é patrocinado por seu rival. 

Ex.: Lembram do Neymar em vários jogos tanto em Barcelona e no Brasil aquele que no Intervalo do Jogo Brasil x Camarões ele saindo do vestuário arrumando calção e mostrando a Cueca da Lupo.

Emboscada de violação de propriedade é outra forma de emboscadas direta em que os logótipos, desenhos e literatura do evento são usados ​​sem autorização das empresas para promovem e que é altamente ilegal. Também poderiam ser na forma de referências para jogadores, equipes, eventos, palavras ou símbolos associados ao evento.


Marketing de Emboscada Indiretas


Vários tipos de emboscada indireta estão sendo adotadas pelas empresas, são eles:

Emboscada oportunista, Emboscada associativa, Emboscada distração, Emboscando Valores, Emboscada Rebelde, Emboscadas de propriedade Paralela, Emboscadas não intencional e emboscadas saturação.

Em oportunista e associativo emboscar uma empresa tenta associar-se com um grande evento, mas não como um patrocinador maior parte do tempo fazendo nenhuma menção a ele em tudo. Em Jogos Olímpicos de 2008 em Pequim, Nike frequentemente utilizado o número 8, um símbolo de anúncio sorte fortuna na China e não era um patrocinador oficial.

Durante Super Bowl 2013, houve um atraso 34 minutos devido à falta de energia. A equipe de biscoitos Oreo comercialização foram espertos o suficiente para rodar uma imagem no Twitter que dizia: "você ainda pode enterrar(comer, mandar pra dentro) no escuro ", sem mencionar diretamente Super Bowl. 

Aqui, novamente Oreo não era um patrocinador oficial, mas provocou uma boa resposta a partir desta campanha espirituoso.

Na estratégia de emboscada distração, a empresa estabelece um quiosque ou uma unidade de publicidade muito perto de seu rival. O melhor exemplo é a campanha Samsung Galaxy de 2011, quando assumiu lançamento do iPhone 4 S rival da Apple.

Às vezes, reportagens e o comentador de televisão podem vestir uma marca de camisa com um bordado pequeno estratégia muito utilizada pela empresa Blumenauense a Dudalina que envia milhares de camisas aos apresentadores, atores de novelas atrelando a sua marca a autoridade do ator ou apresentador assim indiretamente emboscam seus rivais. 

Na estratégia de saturação, as empresas enviam até suas publicidade e promoção muitos orçamentos imediatamente antes e durante o evento desportivo para ganhar tempo e distancia em sem pagar nada aos organizadores.


Alguns Recursos Campanhas de Marketing de Emboscada


Campanhas de Marketing de Emboscada estão deixando sem dormir os organizadores dos eventos desportivos e até mesmo outros comerciantes. No entanto, eles continuam a ser usados ​​em formas sutis pelas empresas ao redor do mundo, apesar do fato de que os organizadores estão trabalhando duro com as agências e aplicando a lei para coibir tal atividade.

Segmentação de Jovens: Muitas campanhas de emboscada são dirigidos a grupos etários jovens tipicamente na faixa etária 18-34. Eles são caracterizados pela sua crescente utilização de tecnologia, senso de conectividade, presença na mídia social e aumento da exposição ao meio eletrônico.

Criativa e inteligente: As empresas e agências de publicidade que se desenvolvem as campanhas de emboscada são muito criativos, usam o humor e são capazes de atrair a atenção do público com algum posicionamento inteligente das campanhas seja em cartazes, banners no site ou em estradas ou através de campanhas de mídia de massa.

É Legal ou Ilegal: o marketing de emboscada é ilegal na maioria dos países, mas as empresas estão superando esses regulamentos por meio de emboscadas sutil e indireta.

Surpresa e Resultado Inesperado:  A característica mais marcante é o elemento surpresa, humor e atualidade em uma campanha emboscada. Eles tendem a ser criativo e inteligente estrategiando para não violar qualquer lei.

Quem pode se beneficiar?

Apesar de pequenas e médias empresas têm mais probabilidade de experimentar o marketing de emboscada, até mesmo grandes empresas entram neste exercício com o tempo, como ilustrado por exemplos mostrados anteriormente. Campanhas de emboscada foram mais associados com a Copa do Mundo da FIFA. 

A Copa do Mundo ou outros eventos desportivos são apenas um dos caminhos para o marketing de emboscada. O mundo ainda está lá fora para tentar tais estratégias. A empresa que emprega a técnica de emboscada não tem a pretensão de ser um patrocinador quando não é, não há nada antiético ou ilegal sobre Marketing de Emboscada em uma campanha utilizando de ideias criativas.


Conclusão


Com o aumento do Marketing de Emboscada, organizadores de eventos desportivos estão a salvaguarda dos logotipos, direitos autorais e desenhos e instando as autoridades governamentais locais para aprovar leis para coibir tais práticas. Qualquer empresa que usa a estratégia de marketing de emboscada precisa usar a imaginação e identificar oportunidades para promover como a LUPO com o Neymar e a DUDALINA com atores e apresentadores de telejornais. 

Em muitos países, uma definição de marketing de emboscada é uma forma de marketing estratégico, que é projetado para capitalizar em cima da consciência, atenção, boa vontade e outros benefícios, gerados por ter uma associação com um evento ou propriedade, sem um funcionário ou conexão direta a esse evento ou propriedade.

Comitê Olímpico Internacional vê o marketing de emboscada, como qualquer tentativa por parte de um indivíduo ou uma entidade a criar uma associação não autorizada ou falsa (ou não comercial) com os Jogos Olímpicos, o Movimento Olímpico, o COI, o Comitê Olímpico Nacional do país anfitrião ou o comitê organizador dos jogos Olímpicos, interferindo assim com os direitos contratuais legítimos de parceiros de marketing oficiais dos jogos Olímpicos.

Como a regulamentação se torna mais rigorosa, há um sentimento de que as práticas anteriormente aceitáveis, comerciais agora podem ser confrontado com acusações criminais, porque um poderoso organizador de um evento desportivo não aprová-lo. No estudo de caso Sul-Africano de campanha cerveja Bavaria, um grupo de loiras de usando vestidos amarelos foram presas, apesar do fato de que as mulheres não estavam usando logotipos distintos ou que afirmam ser patrocinadores oficiais.

Muitos casos, o marketing de emboscada relatado, as empresas não estavam tentando cometer o crime de passing-off, em vez disso, eles querem ganhar boa exposição para os seus próprios produtos e serviços, sem pagar o dinheiro que os patrocinadores pagam.

As leis de marketing anti-emboscada só serve para servir os interesses dos monopólios ou cartéis. O litígio potencial contra emboscada deve estabelecer uma distinção quando uma confusão existente na mente do consumidor a respeito de quem é o patrocinador real.